Jovem morre cantando “Jesus Me Ama” durante ataque a tiros DeEbony Groves, de 21 anos, louvou a Deus em seus últimos instantes de vida ao lado de uma amiga.

A estudante DeEbony Groves, de 21 anos, foi morta durante um ataque ao restaurante da rede Waffle House. (Foto: Reprodução)

Um homem seminu abriu fogo em um restaurante da rede Waffle House nos arredores de Nashville, em Tennessee (EUA), na madrugada do último domingo O OCORRIDO DIA (22). deixou quatro mortos e dois feridos.

Entre as vítimas fatais estava DeEbony Groves, de 21 anos, que louvou a Deus em seus últimos instantes de vida ao lado de uma amiga, segundo o CEO da rede de restaurantes, Walt Ehmer.

“Nós visitamos os sobreviventes e eles falaram sobre as pessoas que estavam naquele restaurante antes do que aconteceu — e se lembraram especificamente da sua filha”, disse Ehmer aos pais enlutados neste sábado (28), durante culto fúnebre realizado na Primeira Igreja Batista de Gallatin.

“Eles falaram da sua filha e sua amiga, e disseram que elas estavam cantando músicas gospel. E todos começaram a cantar e apreciar um ao outro. Ela [sobrevivente] disse: ‘A última coisa que eu lembro dela foi cantar ‘Jesus me ama’”, contou Ehmer.

As palavras de Ehmer durante o discurso foram recebidas com aplausos e “aleluias”. O empresário também ofereceu palavras de apoio e conforto para amigos e familiares no funeral.

“Vocês vão passar por isso, porque eu sei que esta é uma comunidade muito forte e cheia de fé”, destacou. “Tudo o que posso dizer é que nossa família da Waffle House está sofrendo por vocês e com vocês”.

Groves, que era estudante na Universidade de Belmont, estava na cidade com outras alunas para participar de ações do grupo estudantil “Delta Sigma Theta”. Ela e Akilah Dasilva, de 23 anos, foram mortos dentro do restaurante depois que o atirador abriu fogo contra os clientes.

O funcionário da Waffle House Taurean C. Sanderlin e o cliente Joe R. Perez foram baleados e mortos na parte de fora do restaurante.

O atirador foi identificado como Travis Reinking, de 29 anos e recebeu quatro acusações de homicídio criminal. Reinking invadiu o restaurante vestindo apenas uma blusa e estava armado com um fuzil AR-15, modelo usado com frequência nos ataques a tiros nos EUA.

Categoria:Exemplo de categoria

Deixe seu Comentário