SEJAM TODOS BEM VINDOS,AO NOVO SITE DAS RADIO VERDADE GOSPEL E WEB RÁDIO LOVE SOM GOSPEL,JUNTAS PARA LEVÁ PARA VOCÊ OUVINTE O MELHOR DO MUNDO GOSPEL 24 HORAS NO AR, TRANSMISSÃO SIMULTÂNEA,COM A WEB RÁDIO,LOVE SOM GOSPEL. JOÂO 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.Mateus 28:19,20 Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.


 

 O MELHOR DO MUNDO GOSPEL 24 HORAS NO AR,JESUS A SINTONIA PERFEITA PARA O SEU DIA-A-DIA


 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ENQUETE
Oque você acha do nosso, novo site ?
Excelente
Ótimo
Bom
Regular
Ruim
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (10930 votos)

ONLINE
52
Partilhe esta Página






Gênesis 2.1-17
Gênesis 2.1-17

INTRODUÇÃO

Em Gênesis capítulo dois nós recebemos informações adicionais da criação e estado original do homem.

I. O PRIMEIRO SÁBADO – VERSÍCULOS 1-3.

No sexto dia Deus terminou Sua obra da Criação. O sétimo dia foi separado como um dia de descanso. Este não era um descanso motivado pelo cansaço, mas um descanso de alegria e satisfação. Quando o sábado foi incorporado na Lei de Israel [Êxodo 20:8] ele tinha o mesmo padrão dado aqui. O sétimo dia foi separado para descanso.

Os Cristãos referem-se freqüentemente ao Domingo como o “Sábado Cristão”. O autor nunca se sentiu confortável com esta posição [Colossenses 2:14-16; Gálatas 4:9-10; Romanos 14:5]. Nós deveríamos, entretanto, reconhecer o princípio do sábado. O sábado foi instituído para o bem estar físico, espiritual e mental do homem [Marcos 2:23-27, note vers. 27]. O homem necessita de um dia para descansar e se alimentar espiritualmente. Os Cristãos seguem o padrão do Novo Testamento ao se reunirem no primeiro dia da semana. Este foi o dia em que Cristo ressuscitou [João 20:1; Atos 20:7; I Coríntios 16:2]. Durante a primeira semana em que Deus criou o mundo, Ele separou um dia para contemplar e se deleitar da obra da criação, da qual o homem foi seu alvo principal. Vamos então, tanto quanto possível, separar o domingo para contemplar e nos deleitar no Senhor.

Nota: Aqui a palavra santificar é usada pela primeira vez. Santificar significa “separar”. Isto nos ajuda a entender o posterior ensino bíblico da santificação.

II. CRIAÇÃO RE-INTRODUZIDA – VERSÍCULOS 4-6.

Estes versículos fazem um rápido resumo de Gênesis capítulo um. Isto prepara a armação na qual se expande a criação do homem. Há vários novos itens de informação aqui.

Nos versículos 5-6, nós temos informações sobre a irrigação da terra. No presente ciclo hidrológico, a terra é irrigada pela umidade que evapora dos oceanos, sendo levada pelas massas de ar sobre a terra, onde caem em forma de chuva ou neve [Eclesiastes 1:6-7]. No tempo da criação, entretanto, a terra era irrigada pela evaporação e condensação local [vers. 6], e alimentado por rios artesianos [vers. 10]. Provavelmente o nível de água subterrâneo era bem alto. Enquanto há muitas teorias interessantes a respeito da natureza da atmosfera terrestre no período “pré-dilúvio”, é pelo menos óbvio de que ela era muito diferente de hoje.

Nos versículos 4-6, nós somos apresentados a um novo nome de Deus. O primeiro capítulo refere-se a Ele como “Deus” o qual é a tradução do nome hebraico Elohim. Em Gênesis 2:4, Ele é apresentado como o “SENHOR Deus”. Todas as vezes que aparecer a palavra “SENHOR” no Velho Testamento, com letra maiúscula, é a palavra traduzida do nome hebraico Jeová. Este nome, o qual os Judeus em reverência se recusam a pronunciar, refere-se a Deus como o único “Auto-Existente”.

III. A CRIAÇÃO DO HOMEM – VERSÍCULO 7.

O corpo do homem foi criado do pó da terra. Talvez “empoeirado” não seja um adjetivo tão ruim assim para os meninos [I Coríntios 15:47]. Nossa comida vem direta ou indiretamente da terra e, na morte, nosso corpo volta para o pó.

Enquanto observamos que o corpo humano é uma criação maravilhosa, não podemos esquecer que o princípio da vida veio diretamente de Deus. Ele soprou no homem o fôlego da vida. A vida é muito mais do que átomos habilmente dispostos. Ela é um dom de Deus.

IV. O JARDIM DO ÉDEN – VERSÍCULOS 8-14

A residência original do homem não foi em uma mansão, mas em um jardim. Casas e também roupas, vieram após a entrada pecado. Deus providenciou todas as coisas que Adão necessitaria antes de cria-lo. Havia alimento para sua nutrição e prazer e beleza para os olhos. Havia uma ocupação para passar o tempo e trazer satisfação [vers. 15]. Havia até companheirismo [vers.18]. Em tudo isso nós vemos o amor e bondade de Deus. Duas árvores são especialmente mencionadas [vers. 9]. Uma destas árvores, era a árvore da vida, a qual é o mais difícil de entendermos. Ela é mencionada várias vezes nas Escrituras [Gênesis 3:24, Ezequiel 47:12, Apocalipse 2:7 e 22:2]. De alguma maneira ela estava relacionada á saúde física.

As Escrituras também mencionam um rio que corria através do Éden. Isto também ajudava a regar o jardim que estava do lado oriental do Éden [vers. 8]. Nos versículos 10 a 14 nós temos algumas informações a respeito de seus quatro afluentes e as áreas pela quais eles percorriam. Embora hoje não seja possível determinar a localização do Éden, através destas informações, nos parece que ele se localizava na região do “Fértil Crescente”. Esta área é geralmente reconhecida como o berço da civilização.

Nota:Éden significa agradável, prazer ou deleite.

V. A OCUPAÇÃO DO HOMEM – VERSÍCULO 15.

Note bem que ao homem foi dado trabalho antes mesmo da entrada do pecado. Somente o trabalho faz o homem encontrar plena realização e contentamento. O trabalho de Adão era agradável enquanto a terra não tinha sido ainda amaldiçoada [Gênesis 3:17-19]. Insetos e plantas nocivas não estavam presentes ainda. Pragas e secas não eram problema. A generosidade da terra só necessitava ser direcionada e utilizada para beleza e nutrição.

Na maneira de Deus tratar com Adão, nós temos a base para a ética ou moral do trabalho [Êxodo 20:8-9; II Tessalonicenses 3:10]. Que todo Cristão ensine suas crianças a necessidade e dignidade do trabalho. Vamos desempenhar também todo trabalho para a glória de Deus.

VI. A ÁRVORE DO CONHECIMENTO DO BEM E DO MAL – VERSÍCULOS 16-17.

A árvore do conhecimento do bem e do mal foi colocada no Éden para que o homem fosse testado. Muitos têm debatido a respeito de sua espécie. Isto é tentar ser sábio acima do que está escrito e perde o objetivo principal. O homem já conhecia o bem, porque ele foi criado em santidade e também conhecia Deus. Ele somente poderia conhecer ou experimentar o mal pela desobediência a Deus. No versículo 17 nós temos a única restrição imposta ao homem e, portanto a única tentação ao pecado. Não levando em conta a natureza da árvore, comer de seu fruto era desobediência. Isto traria a morte e o conhecimento do mal. Há varias coisas que devemos ter em mente a respeito deste primeiro teste:

1. Através de Adão toda a raça humana foi testada. Adão era o cabeça da aliança e o representante de toda a raça humana [Romanos 5:12-19]. Cristo é chamado de o “ultimo Adão” porque Ele representou o Seu povo [I Coríntios 15:45].

2. Deus fartamente supriu todas as necessidades e desejos de Adão [vers. 16]. A única restrição a ele não o deixaria de maneira nenhuma com alguma necessidade [vers. 17]. Não há desculpas para o pecado.

3. Adão não possuía uma natureza pecadora para o conduzir ao pecado [Gênesis 1:27].

4. Adão foi avisado das horríveis conseqüências do pecado. No dia em que ele comesse do fruto proibido ele morreria espiritualmente [Efésios 2:1]. Por causa do pecado de Adão o homem está agora morto espiritualmente, morto ou morrendo fisicamente, e sofrendo o risco da segundo morte [Apocalipse 20:14].

Por que o homem envelhece e morre? Nós até podemos nunca entender o processo físico, mas através das Escrituras nós conhecemos a causa espiritual. Todo este conhecimento revela quão arbitrário e irracional foi o pecado de Adão. Isto não foi um pecadilho, mas uma traição contra a benevolência e a justa autoridade Deus.

CONCLUSÃO

Antes da queda do homem, Deus alertou para a morte, enquanto o mundo somente conhecia a vida. Agora que a morte reina, Ele fala da vida em Jesus Cristo. Graças te damos, ó Deus, pelo ultimo Adão

CRÉDITO: WWW.PALAVRAPRUDENTE.COM.BR

 




 





 



topo